fev
28
2014

Consultas e “Consultas”

Essa história passa – se em um terreiro de Umbanda, simples, comum, aconchegante e bondoso como todos os outros que existem pelo Brasil a fora. Na verdade essa história provavelmente repete – se em cada terreiro de Umbanda…Gira de pretos – velhos, todos os médiuns incorporados com esses bondosos velhinhos já encontram – se sentados, “pitando” seus cachimbos e esperando pela assistência espiritual individual que logo há de começar. Em um dos cantos do terreiro podemos ouvir o seguinte “diálogo”:

– Salve vô! Sabe, vim aqui pra te falar algumas coisas, na verdade um monte de coisas. Estou com problema de dinheiro de família de doença de emprego de namoro de… de….

– Ah sim, boa noite, mas como eu ia te falando tá tudo muito difícil, você acredita que eu não estou conseguindo nem me manter com o que ganho? Além disso, aquele idiota do meu patrão, eu deveria estar no lugar dele, ele não sabe fazer nada direito. E meu pai então, já não o agüento mais, vive a me cobrar e agora está doente e não melhora nunca. Para complementar a minha situação eu estou saindo com uma menina, mas não sei ao certo, viu? Acho que ela está me traindo, o que você acha vô?

– O quê? Eu que tenho que saber se ela está me traindo? Como vou saber disso? Acho que está. O senhor deveria me ajudar, isso é super importante na minha vida, o que vou fazer se realmente ela estiver saindo com outro?

– É você está certo, caso ela me ame não faria isso. Bem, se o senhor está dizendo, então está bem. Mas e quanto ao meu chefe, não dá para dar um jeito nele? Se eu estivesse no cargo dele com certeza conseguiria ter um padrão de vida melhor.

– Não, claro que eu não estou lhe desejando mal, afinal você já me explicou muitas vezes que aqui na Umbanda não se faz esse tipo de coisa. Mas sabe como é né, não dá para dar um jeitinho…?

– Tá bom, não precisa brigar também né vô! Olha, já está ficando tarde e eu tenho que ir, porque ainda vou encontrar a Lúcia. Vou deixar o nome do meu pai aqui, você pode dar uma ajudada na saúde dele? Ah, e faz ele parar de cobrar – me tanto viu!

– Certo, vou na paz de “Oxa”…é esse mesmo. Semana que vem estou de volta, pra contar se meu pai melhorou, apesar de que eu duvido. Também volto e conto se descobri, enfim, o “amante” da Lúcia. Obrigado vô, você me ajuda muito. Continua me protegendo, tá?!

E o preto – velho ficou lá pensando que algo estava errado, muito errado na visão daquele irmão, sobre os atendimentos e giras de Umbanda.

No canto oposto do terreiro, podíamos escutar um segundo diálogo. Uma médium “incorporada” com sua vózinha dava conselhos, ou melhor, como dava conselhos! Claro, aos problemas que ela própria arrumava:

– Salve mi zifia! Tá tudo bom? Porque nêga tá vendo que vós tá com uma cara estranha!

–  Tá tudo bom mesmo, fia? Suncê tem certeza? Nêga tá achando que vosmecê tá angustiada, meio triste, não é verdade…?

– Hehehehe, nêga sabia! Filha não qué fala muito porque é muito tímida, mas nêga sabe porque vê o fundo de alma da fia. Nêga vê que fia precisa de mais dinheiro e mais felicidade no amô. Mas num se preocupa, essa nêga véia aqui pode resolver seus problemas viu fia. É só você ter fé, não precisa de mais nada não! Essa nêga é “feiticeira da antiga”, muito poderosa, vai trazer tudo que essa filha precise rapidamente, hihihi…

– Vosmecê já tem namorado? Úu, úu, úu, dexa nêga véia vê…Esse menino num presta pra vosmecê não fia, essa nêga tá “vendo” ele com outra agora. Ele tá te enganando minha fia. Mas pode deixa, nêga vai dar um jeito nele também.

– Num fica triste, eu sei que você confiava nele, mas é assim mesmo. Quando Nosso Senhor, governador do mundo, o senhor Jesus Cristo, sai do coração das pessoas é isso que dá. Por isso que nêga insiste que você tem que ler, ler, reler, de novo e de novo o evangelho. Lá tá escrito como você tem que se comportar, como você tem que agir e tudo mais né fia.

– O quê a traição do seu namorado e os problemas de dinheiro tem a ver com evangelho? Ora fia, tudo. Na verdade fia tá pagando por algumas vidas passadas que nêga tá “vendo” agora, onde fia abusou do dinheiro e dos homens, é por isso. Vosmecê sabe, isso é “carma”, vosmecê tem que sofrer para pagar o que fez no passado. Por isso leia bastante o evangelho, releia e quem sabe o nosso senhor, todo poderoso, governador do mundo, Jesus Cristo te perdoe. Vosmecê tem que fazer reforma íntima, tem que viver pelos princípios do evangelho, tem que ser mais casta, mais solidária essas coisas.

– Você não gosta do evangelho? Não fala esse pecado fia, nosso Senhor Jesus Cristo vai virar as costas pra vosmecê!

– Nem batizada você é? Vixi, Nossa Senhora, você é pagã fia! Precisa batizar, por isso essas coisas tão acontecendo com vosmecê! Procura o padre pra fazê o batismo viu fia! Escuta o que nêga tá falando…

– Tá certo, vai com as bênçãos de Nosso Senhor, Pai, Mestre, Salvador, Redentor, Jesus Cristo. Semana que vem volta e vem falar COM ESSA NÊGA, ou com qualquer entidade que esteja incorporado NESSE CAVALINHO tá bom? Salve fia, boa noite…

A menina se afastou e do lado da médium, a preta – velha que amparava ela pensou que algo estava errado, muito errado, com aqueles anímicos “médiuns” que projetam seus problemas, seus fanatismos e moralismos na vida do consulente…

Sei que provavelmente você já esteja meio desanimado com esse centro de Umbanda amigo leitor. Mas o convido a olhar para o último canto do terreiro, lá também está uma médium, incorporada com um preto – velho. E o diálogo que escutamos é o seguinte:

– …

– …

O preto-velho abraça o menino e este retribui com todo o amor. Das bocas da médium e do menino palavras não brotam, mas o coração daquele preto – velho e do menino encontram – se, e isso vale mais que tudo. Ele sente o amado vôzinho e entende que não tem nada a reclamar, mas sim, a agradecer pela vida. Percebe que qualquer coisa que dissesse seria muito pequeno perante aquele momento.

Esse menino sabe que a Umbanda é religião, mas principalmente é espiritualidade e religiosidade que deve – se levar no dia – dia, com bom – humor, amor e discernimento. Ele agradece pela oportunidade de conhecer os Orixás, os princípios superiores e universais da espiritualidade, os guias…

Um amor toca o coração dele e o preto – velho sorri. Afinal, nele sim a verdadeira luz da Umbanda vivia. Juntos, ligados pelos laços afetivos do coração, os dois em silêncio oram pela humanidade, oram pela paz mundial, pelo amor, pelos doentes. Oram por aqueles que ainda não entenderam que espiritualidade e religiosidade estão dentro de cada um de nós, não estão em um templo de pedra, muito menos em uma imagem, livro sagrado ou personalidade divina.

E abraçados, naquele simples, comum, aconchegante e bondoso terreiro como todos os outros terreiros espalhados pelo Brasil, luzes espargiram – se a todos. Mesmo para aqueles que vão ao terreiro só para reclamar da vida, em busca de algum milagre que eles mesmos não trabalham para que aconteça. Ou para aqueles médiuns que vivem jogando seus problemas nas costas dos outros, como uma forma de compensar a própria incompetência de resolver os problemas de SUA VIDA.

E aquele momento, que durou alguns minutos, foi uma eternidade no coração daquele menino, da médium e do preto – velho. Lá no alto do altíssimo, mas ainda assim muito próximo de nós, um homem de barbas, que as pessoas insistem em venerar na cruz, mas que é puro sorriso e amor disse:

– É Madalena, reforma íntima, evangelho, mestre, salvador, redentor, carma, problemas, milagres… Tudo isso é muito pequeno perante o sorriso, a alegria e o amor. Não é verdade?

– Com certeza querido… Com certeza…

 √ POR FERNANDO SEPE

Related Posts

Sobre o autor: Umbanda No Peito

Umbanda No Peito - Somos uma loja virtual de moda e acessórios 100% umbandistas (www.umbandanopeito.com.br) e surgimos com a intenção em disseminar a religião de Umbanda através de nossos produtos, textos, vídeos. A Umbanda nos faz bem, gostamos de ser e estar na Umbanda porque ela nos completa. Estampar e falar sobre a Umbanda é, ao mesmo tempo, agradecer todas as coisas boas da vida. Saravá Umbanda, Axé !

Deixe um comentário

error: Obrigado pela visita :)